APRENDA A VOAR



Depois dos 50, a Idade de Ouro, a vez da verdade, a hora da posse de si mesma. Aproveite tudo. Curta-se. Ame muito. Você chegou lá. Voe. Agora você tem asas. Você agora é o tigre, e tigre alado. Voe alto. Voe muito alto.

Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

IRRESISTÍVEL EM QUALQUER IDADE





Não sei quem é ela, ou quem a fotografou, onde e para quê. Salvei a foto sem referência, há muito tempo. Acho que num daqueles sites de imagens gratuitas, sobre o tema Old Women. Num um tempo em que eu não sabia como procurar na internet a mulher a que me dedico com tema ( ‘procurar-nos’ - que sou uma delas), e experimentava palavras-chaves em diferentes idiomas, caindo num vazio a maioria das vezes. No Brasil, Mulher Madura, e nos outros lugares do mundo?
 

Mas não importa tanto agora. Guardei a foto desta mulher desconhecida e nela me  inspirei para tantas coisas! Ah, sim, eu também tenho minhas musas. O Flying on the World tem suas Musas. Esta passou a ser uma delas. Mulheres que fazem pensar: “Sim, é possível”. É possível ser  uma mulher bela,  doce,  sensual, instigante, na maturidade e , vou eu usar a palavra – velhice.
 

Em algum momento haveria esta Musa sem Nome de chegar aqui. O momento de mostrá-la. E achei que era agora quando, por uma daquelas conscidências nada conscidentes, compartilhei de Cláudia Richer no Facebook, a frase de Coco Chanel: “ Ninguém é jovem após os quarenta anos. mas um pode-se ser irresistível em qualquer idade”.
 

Achei que combinavam as duas, a frase de Coco Chanel e a foto da Musa desconhecida. 
 
 

Veja também nossa página no FACEBOOK



2 comentários:

  1. Oi Neila, gostei muito da foto. Agora sei que é possível ficar madura e irresistível... porque não me contaram isso antes?

    O que eu sabia é que cabelo branco era coisa de vovó! E ao deixar de pintar, a única opção seria passar máquina, ou cortar curtíssimo; algo que me desagrada, pois parece uma negação da femilidade, um desprezo pela aparência.

    Estou a 4 meses sem pintar e mais decidida que nunca! Fadas e bruxinhas (ambas de cabelos cor de prata), torçam por mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flying on the World9 de setembro de 2012 16:21

      Estamos torcendo, Beatriz. Dá notícias aqui também. Acompanhamos com carinho suas aventuras e desventuras em deixar os cabelos brancos. Nosso álbum do Facebook "Cabelo branco, escolha o seu" é uma de nossas páginas mais visitadas, o que significa que não são poucas as mulheres procurando saída para seus cabelos ao natural. "Mulheres unidas jamais serão vencidas."

      Excluir

Deixe aqui sua mensagem. Ela é importante para nós.